Favoritos

Magnesita

Minerais Industriais

Compartilhar Download E-mail Imprimir PDF Voltar Aumentar Fonte Diminuir Fonte

A Magnesita detém grandes reservas minerais de alta qualidade, localizadas no Brasil, Estados Unidos, Bélgica (JV) e China. Além da utilização das reservas para suprir as demandas por matéria-prima na fabricação de refratários, a Companhia ainda mantém um portfólio comercial de minerais industriais, onde destacam-se a magnesia cáustica e sínter de magnesita. A nova estratégia da companhia tem como um dos pilares expandir o portfólio de recursos minerais.

A reserva global de ativos minerários da Companhia é algo não replicável, por isso a Magnesita irá buscar não só níveis crescentes de verticalização e competitividade no mercado de soluções refratárias, mas também expandir no mercado de minerais industriais onde a Companhia tem uma interessante oportunidade de crescimento e vantagem competitiva sustentável. A empresa conta com uma expertise de mais de 70 anos no ramo de mineração no Brasil, o que proporciona um posicionamento privilegiado para lidar com todo o processo, desde a fase de geologia e pesquisa às exigências no processo de licenciamento.

A Companhia possui a maior reserva de magnesita fora da China do mundo, localizada em Brumado, na Bahia, e uma das melhores minas de dolomita refratária do mundo localizadas em York, Estados Unidos. Além disso, detém minas de argilas, cromita, entre outros minerais que também são utilizados internamente como matéria prima de refratários. A Magnesita chegou a um nível de verticalização na casa de 80% e mantém um supply chain global para atender as demandas internas e externas.

A companhia se mantém focada em expandir seu portfólio de minerais industriais, alavancando a experiência e expertise em mineração e as oportunidades minerarias não exploradas no Brasil.

Sinter de Magnesita

O sínter de magnesita é utilizado principalmente na indústria de refratários. Localizado em Brumado, na Bahia, a Magnesita possui a maior mina de magnesita fora da China e de melhor qualidade. A Magnesita produz em Brumado 2 tipos principais de sínter de magnesita, determinado pela concentração de MgO: sínter M-10, que é a magnésia sinterizada produzida a partir de magnesita natural, com teor de MgO na casa dos 94%. Já o sinter M-30, é um sínter de alta pureza, que passa por uma dupla queima, passando a deter uma concentração mínima de 98% de MgO, empregado em refratários nobres e com qualidade diferenciada .Ambos os materiais são utilizados internamente para produção de refratários, e seu excedente é comercializado.

A Companhia detém uma produção do sínter M-10 em torno de 150 mil toneladas ao ano, o que consegue suprir a demanda interna e ainda produz um excedente que é comercializado em seu portfólio de minerais. Com a conclusão da expansão de Brumado no final de 2012, que consistiu na inclusão de mais um forno, o HW4, a Companhia garantiu a autossuficiência e qualidade de matéria prima também no sínter de alta pureza, M-30, que hoje detém uma capacidade produtiva de 240 milhões de toneladas/ano.

Magnésia cáustica

A Magnesita é uma das maiores produtoras de magnésia cáustica no Brasil, com produção anual de 60 mil toneladas. Os principais depósitos de óxido de magnésio também estão localizados na região de Brumando, na Bahia. Conhecido comercialmente pelo nome de Q-MAG, o produto apresenta elevada pureza química, alta concentração de MgO e alta reatividade.

A magnésia caustica é utilizada na indústria de nutrição animal, abrasivos, química e de fertilizantes. O produto é 100% natural, obtido através da calcinação controlada do minério de magnesita.

 

TOPO